Episódio 35 – A Sra. Rubi se apresenta

Sunglasses entra na casa de Palermo e é conduzida por Enrico até a biblioteca, onde estão Carlo, Vito, Bianca e a Vidente. Depois de fazer Sunglasses entrar na biblioteca, Enrico fechou a porta. Sunglasses se apresentou, agora, como Sra. Rubi. Tirou os óculos escuros e disse:

Sra. Rubi – Senhores e senhoras, Sra. Rubi se apresentando e pedindo licença para falar.

Ninguém respondeu.

A Sra. Rubi se parecia com uma peça de arte de algum museu europeu. Olhos azuis e cabelos tão brancos que pareciam neve. Vestia uma saia de couro marrom e botas de couro da mesma cor, além de uma camisa branca de seda. Usava brincos de rubis, e duas correntes finas no pescoço, uma de ouro e a outra de prata.

Sra. Rubi – É uma honra estar presente na casa de senhor e senhora Testafredda. Creio que já saibam a história de “Sunglasses”. Explico tudo hoje. A não ser que não queiram saber.

Ninguém disse nada.

Sra. Rubi – Casei-me com Carlo por nenhum motivo além do amor. Reconhecíamos o amor um no outro, inclusive quando ele concordou em não fazer perguntas demais sobre o que eu fazia fora de casa. E não perguntou. Mas, um dia, desapareci. E aqui estou, de volta.

Carlo – Isto não estava em nosso acordo. Você desaparecer.

Sra. Rubi – Eu precisei. As circunstâncias me obrigaram a desaparecer. Estou de volta após uma séria decisão de abandonar a minha ocupação.

Carlo – O que você disse? Vai deixar de ser uma… uma…

Vidente – Ela nunca foi uma “mulher da vida”.

Bianca – Que tal irmos para a cozinha, todos nós?

———-

Continua no próximo episódio.

———-

O que você está achando desta blognovela? Se tem alguma opinião, comente!