Episódio 34 – Vito permite a entrada de Sunglasses

Enrico repetiu:

Enrico – Vito. Uma mulher está à porta. Disse que se chama Sunglasses. Ela insistiu que eu a anunciasse.

Vito olhou para Carlo, que estava paralisado. Achou que nunca mais veria sua amada esposa. Mas também teve receio de vê-la novamente.

Vito – Mande-a entrar, Enrico. Traga-a até aqui.

Carlo – Onde vou me esconder, Vito? Bianca? Vidente?

Vito – Você vai ficar exatamente onde você está. Se a sua esposa resolveu reaparecer, e logo aqui, deve haver algum motivo. E não posso simplesmente mandá-la embora. Pode ser que ela tenha algo a dizer.

Carlo – Dizer o quê? Que ela foi chutada por algum estrangeiro? Que ela quer voltar aos braços do panaca aqui?

Vito – Cale a boca! É uma ordem! Você está fora de si! Cale a boca, seu desgraçado!

Vito chacoalhou Carlo, e gritou com ele, embora sentindo uma culpa profunda por falar assim com o amigo. Mas era necessário, pois Carlo estava fora de si. Enrico saiu da biblioteca, e foi buscar Sunglasses que ainda esperava à porta.

Enquanto os quatro estavam na biblioteca, Enrico chegou à porta da casa de Palermo, e disse a Sunglasses que podia entrar. Ela disse:

Sunglasses – Carlo está bem?

Enrico – Como a senhora sabe que Carlo está aqui?

Sunglasses – Caro Enrico. Sei seu nome também. Mas esclareceremos tudo na biblioteca.

———-

Continua no próximo episódio.

———-

O que você está achando desta blognovela? Se tem alguma opinião, comente!

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: